@script() Artigo | PAF
BETA
Sucesso na entrevista de emprego - 19/06/2018
Sucesso na entrevista de emprego

Foi convidado para uma entrevista de emprego e se sente nervoso ou despreparado para a seleção?

Se você foi convidado para uma entrevista de emprego é sinal que já passou por um funil no processo seletivo, seu currículo foi selecionado entre os demais e você pode – e deve – ficar animado, mas deve saber que o processo ainda não acabou.

A entrevista é a etapa principal de um processo seletivo, pois nela é possível trocar experiências, contatos e informações. Pense nela como uma exposição do seu perfil profissional. Por esse motivo, é necessário ter algumas coisas em mente:

O importante é manter a calma. Não dá pra saber o que será perguntado a você pelo selecionador, sabemos que toda a entrevista tem algumas perguntas chaves, mas não podemos de maneira alguma achar que todas as entrevistas serão iguais.

Por isso, faça um exercício de memória: pare e pense nas situações mais importantes de sua carreira. Selecione algumas e avalie o papel que você desempenhou em cada uma delas, quais foram os desafios enfrentados e o mais importante, o que você aprendeu. Dessa forma, mesmo que fique um pouco nervoso, vai saber quais as melhores situações para levar para a entrevista.

Isso vale também se você não tem experiência profissional. Vale compartilhar as experiências pelas quais já passou, na faculdade, em um intercâmbio, em um curso, entre outros.

Se possível, sempre termine as explanações sobre sua experiência de forma positiva, como foi promovido, ou como a resolução daquele problema trouxe resultados.

Além disso, é imprescindível fazer uma “lição de casa” e pesquisar sobre a empresa. Isso serve para avaliar sua carreira naquela empresa e também ter dados para compartilhar na hora da entrevista.

Se tiver alguma dúvida sobre a oportunidade ou a empresa, pergunte. Perguntas são bem vindas e bem vistas pelos selecionadores, pois mostram interesse pela oportunidade.

Por fim, mesmo que você esteja sob pressão, nervoso ou ansioso, seja você mesmo na conversa com o entrevistador, pois lembre-se que o recrutador é uma pessoa treinada para perceber certas incoerências nas experiências apresentadas.

Fique atento as novas oportunidades e sucesso nas entrevistas!

Fonte: Linus RH